Saúde Integral Terapias Integrativas

Por que dar uma massagem de presente para seu pai?

Handsome man having face massage in spa salon

Pela visão ocidental, as massagens são técnicas manuais executadas sobre a pele com as mãos com objetivos terapêuticos e estéticos. Os estilos ocidentais objetivam, na sua maioria, a atuação neurocirculatória ou seja: os efeitos sobre o sistema nervoso e circulação de retorno, venosa e/ou linfático, e a atuação indireta sobre órgãos a partir de estímulos em área reflexas como os pés (podal), as mãos (quirodal) e o pavilhão auricular (auricular).

Num primeiro momento, o sistema nervoso e circulatório de retorno são os primeiros sistemas beneficiados com a massagem e, em segundo plano, outros sistemas, em especial, o sistema urinário, devido à principal característica da massagem pela visão ocidental, que é a otimização das trocas de líquidos do corpo. Devido a essa troca, o sistema urinário se vê obrigado a depurar o sangue produzindo urina.

 O que a massagem faz nos sistemas nervoso e circulatório?

Dependendo das manipulações e da necessidade do paciente, a massagem pode:

Sistema nervoso:
  • Inibir o SNA-S (Sistema Nervoso Autônomo Simpático), relaxando o paciente (indicado para casos de estresse);
  • Gerar estímulos nos folículos sensores da pele que podem excitar o SNC e proporcionar condições para que, entre outras coisas, ocorra a neuroplasticidade (indicado para casos de AVC/AVE);
Sistema circulatório: 
  • Provocar analgesia;
  • Desintoxicar e nutrir tecidos;

Outro ponto muito importante sobre a massagem é que a maioria das pessoas associam a técnica apenas ao relaxamento muscular, porém ela produz efeitos benéficos em diferentes tecidos e órgãos do corpo, como: tecido adiposo, tecido muscular, tecido ósseo, sistema digestório, sistema glandular endócrino, sistema linfático, sistema imunológico, sistema respiratório e sistema urinário.

 E os benefícios “energéticos”?

Massage therapist applying strong finger pressure to shoulder muscles

Pela visão oriental, a massagem tem por finalidade promover o livre fluxo de Qi, sangue e líquidos corporais.

Nosso corpo tem canais e colaterais de Qi, formando uma grande rede de circulação. No ocidente, “Qi” é traduzido como energia, porém o seu conceito é muito mais aprofundado e de difícil tradução. Vou manter neste artigo como “energia” para facilitar o entendimento.

Quando há bloqueios ou deficiência de “energia”, as funções do corpo ficam comprometidas, provocando dores e disfunções orgânicas.

Baseado nos conhecimentos da M.C. (Medicina Chinesa), o profissional de massoterapia oriental identifica as disfunções “energéticas” do paciente através de um processo de análise (anamnese) e escolhe, em seu arsenal de manobras, as melhores para restabelecer a fluidez de “energia” nos canais e colaterais (também conhecidos como meridianos), através do alinhamento de tecidos musculares e os ossos (o Seitai é um bom exemplo de técnica para alinhamento ósseo).

Independentemente do tipo de visão (ocidental ou oriental), a massagem, quando executada por um profissional qualificado, traz benefícios sólidos ao paciente.

 Quer dar um presente incomum e especial para o seu pai? Dê uma massagem!


Orientações da SOS Corpo

Sobre o autor

Paulo Ricardo da Costa Silva

Paulo Ricardo da Costa Silva

Paulo Ricardo da Costa Silva (Prof. Teco), natural de São Caetano do Sul, formou-se em Matemática em 1998 pela Fundação Santo André de Ensino Superior.

Desde pequeno sempre se interessou pela cultura oriental e em 2007 por influência de sua esposa começou sua jornada de estudos em Medicina Chinesa. Após concluir seus estudos em Shiatsu e Naturopatia decidiu se especializar em Acupuntura e Tui Na (Massoterapia Chinesa).

A partir de 2011 começou a lecionar e promover palestras em São Paulo, Santos, Sorocaba e região do ABC Paulista sobre Massoterapia Chinesa. Em 2014 tornou-se o primeiro brasileiro certificado em Alinhamento Mio-Esquelético pelo Freedom from Pain Institute - USA.

Atualmente seus estudos giram em torno de técnicas de Alinhamento Mio-Esquelético (Erik Dalton’s Freedom from Pain), melhorias de treinamentos de manobras de Tui Na com sacos de grãos e outros objetos, Zheng Gu Tui Na e técnicas de diagnóstico ocular de Deliang Zheng.

Principais Certificações:

Técnico em Massoterapia - Humaniversidade (1400 horas)
Formação Internacional livre em Tui Na - Ebramec (360 horas)
Formação Internacional livre em Acupuntura - Ebramec (1200 horas)
Treinamento em Moxabustão e Diagnóstico Táctil Estilo Japonês - Shinkyú-Dojoh (40 horas)
Certified Myoskeletal Therapist - Posture & Pain Specialist (https://erikdalton.com/)
Comprendre, Diagnostiquer et Traiter les Huit Vaísseux Extraordínaires (Qi Jing Ba Mai) - Philippe Sionneau (24 horas)
Treinamento Avançado em Diferenciação de Síndromes - Acuterapia Cursos

Contato:

Site: zhongyituina.com.br
E-mail: [email protected]