Energia em Equilíbrio Yoga

Swasthya Yoga: conheça os benefícios dessa prática

Saiba mais sobre a modalidade Swasthya Yoga, a mais completa entre todas que existem no Yoga. Descubra os principais benefícios da prática para o organismo, para o corpo e para mente e entenda o significado da palavra “Swasthya”. Além disso, aproveite para descobrir as 5 posições mais comuns dessa modalidade. Confira agora!

Você sabia que a palavra “Yoga” significa “unir” e “controlar”? A prática tem como objetivo proporcionar maior controle e união de vários sentidos do corpo. Mas você sabia também que existem várias modalidades de Yoga? E o Swasthya Yoga é uma delas.

Cada modalidade tende a atuar de uma maneira diferente na vida do praticante. O Swatshya Yoga, por exemplo, inclui todos os elementos do Yoga, o que faz com que seja completo e consiga transformar totalmente a vida de quem o pratica.

Também há o Hydro Yoga, que é praticado na água, auxiliando na parte da resistência e da flexibilidade na hora de realizar os ásanas. Já o Power Yoga é uma modalidade mais dinâmica, que pode incluir música no ambiente e exercícios muito mais intensos.

A seguir, vamos falar mais sobre a modalidade do Swatshya Yoga, que é excelente para pessoas que desejam se aprofundar ainda mais nos exercícios do Yoga. Confira!

O que é Swasthya Yoga?

A palavra “Swatshya” vem do sânscrito e significa “autossuficiência”, “saúde”, “bem-estar”, “satisfação” e “conforto”. E tudo isso está muito ligado aos benefícios que a prática oferece.

Geralmente, quem opta pelo Swasthya Yoga está procurando um método mais completo. Isso acontece porque essa modalidade consegue reunir todos os elementos dos demais tipos de Yoga.

É estimado que, em apenas uma prática de Swatshya, o praticante consiga executar cerca de oito outras modalidades de Yoga. Legal, né?

Quais são os benefícios do Swasthya Yoga?

Ao praticar essa modalidade, você pode sentir vários benefícios a partir de sete pontos de desenvolvimento:

  1. Ásanas: as ásanas, que também são conhecidas como posturas ou posições, são um dos pontos-chave na prática do Swasthya. O praticante passa a ter maior regulagem do peso corporal, maior desenvolvimento de coordenação motora, mais flexibilidade por meio da elasticidade dos tecidos e melhora na irrigação do cérebro.
  2. Kriyás: os kriyás são métodos purificadores que retiram as impurezas do organismo e preparam o praticante para as próximas etapas do Swatshya. Eles conseguem limpar as mucosas de algumas regiões do corpo, como do estômago e dos intestinos, dos brônquios, das conjuntivas e dos seios da face, o que ajuda na prevenção de doenças como gastrite, rinite e sinusite.
  3. Bandhas: os bandhas são contrações sustentadas por músculos específicos que auxiliam na manutenção das ásanas. Com a execução dos bandhas, o praticante consegue fortalecer, estabilizar, aumentar e dinamizar a sua consciência corporal. Além disso, também promovem a saúde e melhoram o funcionamento dos órgãos internos, do sistema nervoso e das glândulas endócrinas.
  4. Samyama: o samyama é uma prática de meditação considerada avançada. Quando o praticante medita, ele deve ter concentração, absorção no objeto e absorção completa. O samyama é atingido quando a pessoa consegue praticar os três métodos simultaneamente. Dessa forma, é possível sentir benefícios como maior lucidez em decisões da vida, autoconhecimento e paz interior.
  5. Pranayama: os pranayamas são técnicas de respiração guiadas muito importantes para o Swasthya Yoga. Ao colocá-los em prática, é possível sentir benefícios como redução da ansiedade, limpeza dos pulmões, melhora na capacidade respiratória, melhora no sono, diminuição do estresse diário, sistema nervoso mais calmo e mais limpeza mental, o que promove a clareza da mente.
  6. Mantras: mantras são palavras ou frases que podem ser repetidas várias vezes durante a prática do Swasthya Yoga. Ao considerar que as palavras têm poder, os mantras são extremamente poderosos e conseguem promover vários benefícios, como meridianos mais energéticos e abertura dos chakras. Também são ótimos para pessoas muito ou pouco introvertidas ou extrovertidas.
  7. Yoga nidra: essa é uma prática utilizada para proporcionar relaxamento extremo e é conhecido como o “Yoga do sono”. Nesse caso, o praticante entra em um sono profundo, mas consciente, e isso promove benefícios como estabilização da pressão sanguínea, maior qualidade de sono e fim da insônia, bem como diminuição do estresse, prevenção de doenças cardiovasculares e purificação da mente.
Mulher fazendo a pose Trikonasana do yoga em um ambiente fechado
fizkes / Shutterstock

Posições básicas do Swasthya Yoga

Conheça, a seguir, algumas posições do Swasthya Yoga e quais são os benefícios delas:

Trikonasana

O praticante deve ficar em pé e afastar as pernas, ao mesmo tempo em que enverga o tronco. Um dos braços toca uma das pernas e o outro fica completamente esticado para o ar, formando um triângulo. É um ásana que promove benefícios aos órgãos da área dos quadris, como rins, cólon e genitais.

Tuladandasana

Com a ajuda de outra pessoa, o praticante deve ficar em pé em apenas uma perna e com o corpo envergado na horizontal, enquanto os braços ficam completamente esticados para frente, formando a posição da vara. Os benefícios incluem fortalecimento das coxas, dos glúteos, dos ombros e do abdômen, além de ajudar a afinar a cintura.

Utkatasana

O praticante deve ficar em pé, dobrar levemente os joelhos e inclinar sutilmente o corpo, ao mesmo tempo em que estica os braços para cima, formando uma espécie de cadeira. Essa posição consegue tonificar a área dos quadris, a parte inferior do abdômen e as coxas.

Pashimotanasana

Você deve se sentar ao chão, em um colchonete, esticar as pernas e tocar as pontas dos pés. Com o tempo, a flexibilidade aumenta e é possível tocar as solas dos pés. Os benefícios dessa posição incluem fortalecimento dos músculos dos ombros e abertura das articulações dos quadris.

Supta Virasana

Em um colchonete, você deve deitar e dobrar as pernas para trás, na altura dos quadris, enquanto as mãos ficam esticadas na altura das orelhas. Essa é uma pose recomendada para grávidas, porque auxilia no inchaço das pernas, além de fortalecer várias musculaturas.

Você também pode gostar:

Compartilhe o Swasthya Yoga com amigos!
Gostou dos benefícios da prática e deseja incluí-la na sua rotina? Então aproveite para compartilhar este texto nas redes sociais, para que amigos e familiares também possam aprender mais sobre o Swasthya Yoga!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br