Autoconhecimento Sagrado Feminino

Quais são os sintomas de TPM? Saiba aqui!

Imagem de uma mulher deitada. Ela está com a barriga para cima e no umbido tem uma flor. Aos mãos estão sobre a barriga em formato de coração.
Silviarita / Pixabay
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Ah, a TPM! Essa é a sigla da tensão pré-menstrual, uma síndrome que acomete as mulheres antes do seu ciclo menstrual e que geralmente amedronta até os homens! Mas por que ela ocorre? Bom, o que causa a TPM é a grande variação entre hormônios que acontece antes de a menstruação se iniciar.

Essa variação afeta o sistema nervoso central feminino, gerando inúmeros sintomas totalmente desconfortáveis. Mas tudo varia de organismo para organismo: algumas mulheres têm os sintomas de forma duradoura antes do ciclo menstrual; outras sentem os desconfortos da TPM também durante a menstruação e algumas sortudas não sentem nada!

Se você faz parte do time que sofre com os sintomas da TPM, este artigo é para você! Entenda um pouquinho mais sobre o que a TPM causa e aprenda a aliviar os males que ela causa!

Principais sintomas da TPM

Como já dito anteriormente, os sintomas da tensão pré-menstrual variam conforme o organismo da mulher. Cada uma reage de uma maneira específica a esse período. Na maioria dos casos, a mesma mulher pode sentir sintomas em intensidades diferentes de mês a mês.

Os sintomas mais comuns dessa fase feminina são: cólicas menstruais, inchaço, dor e inchaço nos seios, retenção de líquido, cefaleias, tonturas, fadiga, irritabilidade, insônia, ansiedade, fome excessiva, ondas de calor, sensibilidade, agitação e problemas de pele.

Imagem de uma mulher sentada na cama. Ela usa um pijama confortável e está com um coque no cabelo. Ela segura uma xícara de chá para aliviar os sintomas da TPM.
Jan Vašek / Pixabay

Maneiras de aliviar os sintomas da TPM

Sabemos que a TPM é um período desconfortável tanto para a mulher quanto para as pessoas que estão à sua volta. Mas o fato é que existem inúmeras maneiras bem simples de lidar com ela. Você precisa somente descobrir o que funciona melhor para você durante essa fase.

Nem todas as formas de tratar os sintomas desse problema são medicamentosas. Às vezes, tudo de que você precisa é uma bolsa de água quente ou o seu chocolate favorito! De qualquer forma, confira algumas dicas para aliviar os desconfortos da TPM:

Mantenha uma boa alimentação

Tenha a certeza de que o seu corpo estará bem nutrido durante o seu período pré-menstrual — assim como em todo o tempo. Elimine alimentos gordurosos e ricos em sódio do seu cardápio, mas inclua o leite na sua dieta! Laticínios possuem cálcio, que evita a dor causada pela excitação das fibras dos seus músculos. Adote uma alimentação mais leve e que contenha nutrientes necessários para manter o seu organismo forte durante esse período!

Imagem de uma mulher sentada em um tapete de ioga. Ela está fazendo alongamentos em uma praça bem arborizada.
Sofie Zbořilová / Pixabay

Pratique exercícios físicos

Atividades físicas são constantemente associadas ao alívio da dor durante o ciclo menstrual. Mulheres que são ativas sentem menos dores em relação àquelas que são sedentárias. É indicado que exercícios físicos sejam feitos não somente no decorrer da menstruação, mas também antes dela — de preferência, entre 130 a 150 minutos de atividades por semana. Além da redução de dores, atividades físicas proporcionam sensações de prazer e liberam substâncias benéficas no nosso organismo.

Evite situações estressantes

Como a TPM já é um momento mais sensível da mulher, é imprescindível que qualquer situação de estresse seja evitada. Sintomas como ansiedade e irritação já fazem parte desse período, por isso é recomendado que, para o alívio dos mesmos e para evitar dobrá-los, a mulher faça Yoga, exercícios específicos de respiração, terapia e até mesmo foque um pouco mais as coisas que lhe proporcionem prazer, como ouvir música, ler um livro, rir com os amigos etc.

Consumir suplementos à base de magnésio

A falta de magnésio no organismo pode promover ou fomentar diversos sintomas durante a TPM, como depressão, irritação e ansiedade. Ingerir suplementos de magnésio é uma forma de aliviar e de evitar o surgimento desses sintomas, assim como cefaleias e também inchaço.

Imagem de  uma mulher deitada em um gramado. Ela usa óculos de sol, brinco de pérola branco e na sua boca ela traz uma pequena margarida.
Silviarita / Pixabay

Descanse

Durante a TPM, é imprescindível que a mulher descanse! Todas as desordens causadas no sistema nervoso durante este período acabam gerando tensões musculares, além de todos os sintomas que você já viu acima. Quando o corpo repousa, o nosso organismo restabelece o equilíbrio orgânico e renova todos os estoques de substâncias que perde durante o dia a dia. Por isso é que descansar e dormir corretamente são fatores necessários para aliviar dores, tensões e desconfortos da TPM.

Como aliviar a cólica causada pela TPM?

A cólica menstrual é o pesadelo de toda mulher! Muitas recorrem a medicamentos e, em alguns casos, buscam até auxílio médico por causa da intensidade da dor. O fato é que buscar ajuda profissional sempre será válido, mas se a sua dor não tiver nenhuma causa além da menstruação, há algumas dicas que podem aliviar a sua cólica de forma simples. Confira:

Bolsas de água quente

O calor é um ótimo estímulo para a irrigação e o relaxamento dos músculos, o que faz com que as contrações do útero sejam reduzidas e, dessa forma, as cólicas se aliviem. Se você não tem uma bolsa de água quente em casa, pode pegar um pano quente ou, quem sabe, tomar um banho e deixar a água escorrer no local onde você mais sente dor.

Imagem de uma mulher deitada de bruços recebendo uma massagem nas suas costas, próximo ao ombro.
Mariolh / Pixabay

Massagem

Fazer movimentos leves nos pés e no abdômen pode aliviar a cólica. Esse tipo de massagem pode reduzir a tensão da musculatura, melhorar a circulação do sangue e, por conseguinte, aliviar a dor. Além de massagear, comprimir a região da dor também pode amenizá-la.

Chá de canela

A canela tem propriedades analgésicas capazes de amenizar a cólica. Faça um chá com 250 ml de água fervente e um pau grande de canela. Deixe infusionar por 10 minutos e beba ainda morno.

Como lidar com a TPM com mais equilíbrio?

Primeiramente, é preciso entender que a TPM faz parte do ciclo feminino. Ela é o momento em que os sentimentos da mulher ficam à flor da pele e que uma reclusão é necessária — na maioria dos casos. Olhar para esse período de uma forma negativa é negar a natureza do seu próprio corpo, assim como do seu espírito, pois a TPM não mexe somente com o seu corpo físico, mas também emocional, sentimental e espiritual.

Mensalmente durante a TPM, a mulher tem a chance de voltar o seu olhar para o seu interior e se reconectar à sua verdadeira essência. As dores precisam ser acolhidas, pois a menstruação é um processo natural que limitará a sua produtividade e o seu humor, mas você pode sobreviver a ela com êxito, desde que cuide mais do seu ser e evite situações estressantes. A TPM é um momento seu!

Se você sofre muito nesse período, separe alguns momentos do dia para si. Faça caminhadas, escute as músicas de que gosta, não se coloque em situações só para agradar alguém, cuide de suas plantinhas, evite tomar decisões importantes, entenda que a sua sensibilidade está aflorada e que você deve se recolher de determinados acontecimentos. A TPM logo passará, mas tudo o que você fizer durante ela permanecerá. Respeite o seu corpo, as suas regras e os seus sentimentos. Só você pode fazer isso!

Imagem de uma mão segurando uma xícara de chá de porcelana disposta sobre um pires decorado com margaridas.
Natalia Koroshchenko / Pixabay

Você também pode gostar

Com essas dicas será possível enfrentar a TPM sem medo! Se você apostar em uma boa alimentação, praticar exercícios físicos e dar mais atenção ao que você precisa durante essa fase, pode ter a certeza de que a TPM não será mais um motivo de medo nem de grandes desconfortos na sua vida!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]