Ervas e Chás Medicina Natural Saúde Integral

Chás infalíveis para doenças respiratórias

Bule de chá de ervas, feito de vidro, ao lado de outras duas xícaras de vidro cheias de chá, tudo em cima de uma mesa de madeira escura.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Há dados que apontam que nesta época do ano, o inverno, doenças sejam mais comuns de serem transmitidas em qualquer lugar, porém, quem mora em cidade grande sofre diariamente, e em qualquer estação, com a péssima qualidade do ar, que já virou um fator de risco no desenvolvimento das famosas doenças respiratórias, como rinite e sinusite, que muitas vezes se tornam problemas crônicos e não têm cura permanente. Realmente, é uma sina respirar todos os dias um ar poluído e impuro, repleto de poluentes. Se você mora em cidade grande e passa mais tempo com o nariz entupido do que com ele descongestionado e nem se lembra da última vez em que esteve com a respiração boa, saiba que existem meios naturais para, ao menos, apaziguar os sintomas incômodos destas doenças.

Pessoas criadas pelos avós já conhecem e estão habituados à boa e velha eficácia dos mais variados tipos de chá, mas nem sempre se lembram deste artifício milagroso para a cura de dores e doenças. A ótima notícia é que chás de ervas são muitíssimo eficientes e também podem auxiliar no alívio de doenças respiratórias como rinite, sinusite, asma e congestão nasal em todas as faixas etárias. Contudo, é essencial saber com que tipo de doença você está através da identificação dos sintomas, e desta forma, conhecer a maneira mais eficaz de tratá-la.

Comecemos conhecendo melhor a asma, doença que pode causar dificuldade para respirar, dor no peito, tosse e respiração ofegante e seus sintomas, que são geralmente: tosse seca, chiado no peito, dificuldade para respirar, respiração rápida e curta, desconforto torácico e ansiedade, podem aparecer repentinamente. Atenção: o diagnóstico de asma deve ser feito por um profissional. Existem dois tipos de chás que podem ajudar neste caso, veja a seguir os ingredientes e o modo de preparo de ambos:

chá

Chá número 1 contra asma

Ingredientes: 1 colher (sopa) de ramos frescos de tomilho; 1 colher (chá) de gengibre ralado; 1/2 litro de água; 2 colheres (sopa) de mel. Modo de preparo: ferva a água; junte o gengibre e o tomilho; jogue por cima a água fervente; tape e deixe de infusão por 10 ou 15 minutos; coe e sirva quente, acrescentando mel a gosto. O ideal é a ingestão de duas xícaras (chá) por dia.

Chá número 2 contra asma

Ingredientes: 1 colher (sopa) de folhas de alfazema; 1/2 litro de água. Modo de preparo: ferva as folhas de alfazema na água; coe e espere amornar. O ideal é a ingestão de duas xícaras (chá) por dia.

Já a bronquite, que causa tosse com muco espesso e falta de ar, pode ser diagnosticada pela própria pessoa e seus sintomas mais comuns são tosse com presença de muco, ronco ou chiado no peito, fadiga, dificuldade para respirar e falta de ar, febre e calafrios e desconforto no peito. Os preparos de ervas mais indicados são:

Chá número 1 contra bronquite

Ingredientes: 1/2 litro de água; 1 colher (sopa) de folhas de eucalipto picadas; 1 colher (sopa) de folhas de guaco. Modo de preparo: ferva a água por 3 minutos e despeje sobre as ervas em uma panela ou caneca; tampe e deixe abafado por 5 minutos; coe e adoce com mel a gosto. O ideal é a ingestão de 3 xícaras (chá) por dia.

Chá número 2 contra bronquite

Ingredientes: 1/2 litro de água; 1 colher (sopa) de folhas de guaco. Modo de preparo: ferva a água junto com as folhas de guaco; coe e espere amornar; adoce com mel a gosto. O ideal é a ingestão de 2 xícaras (chá) por dia.

Para congestão nasal, que pode ser causada pela sinusite, por alergias ou infecção viral das vias respiratórias – em seus sintomas pode ocorrer febre e dor facial, olhos lacrimejando e coçando e dor de garganta, uma sensação geral de mal-estar e tosse -, o seguinte chá é recomendado:

Chá contra congestão nasal

Ingredientes: 3 colheres (sopa) de gengibre fresco ralado; 1 litro de água. Modo de preparo: ferva todos os ingredientes por 3 minutos; coe. O ideal é a ingestão de 4 xícaras (chá) por dia.

Você também pode gostar de:

Falando em sinusite e alergias (rinite), também existem chás específicos para aliviar os sintomas destes:

Chá contra rinite

Ingredientes: 1 colher (sopa) de folhas de eucalipto; 1 xícara (chá) de água. Modo de preparo: ferva as folhas de eucalipto e a água; core e espere amornar; adoce com mel a gosto; beba em seguida.

Chá contra sinusite

Ingredientes: 1 colher (sopa) de folhas de hortelã; 1 copo (250ml) de água de coco; 1 colher (sopa) de folhas de espinafre; mel. Modo de preparo: em uma xícara (chá), coloque as folhas de hortelã e despeje água fervente por cima; espere esfriar, coe e coloque no liquidificador; acrescente a água de coco, o espinafre e bata até homogeneizar; adoce com mel a gosto. O ideal é a ingestão de 2 copos (250ml) por dia.

Casos mais graves, como obstrução dos pulmões e pneumonia, não ficam de fora nos benefícios dos chás:

chá

Chá para desobstruir pulmões congestionados

Ingredientes: 1 litro de água; 1 colher (sopa) de folhas frescas de guaco; 1 maçã picada sem sementes. Modo de preparo: ferva a água; desligue e acrescente o guaco e a maçã; tampe e deixe abafado por 5 minutos; coe, adoce com mel a gosto. O ideal é a ingestão de 1 xícara (chá) a cada 8 horas.

Chá contra pneumonia

Ingredientes: 1 litro de água; 2 colheres (sopa) de folhas sexas de sabugueiro. Modo de preparo: ferva a água e as folhas de sabugueiro; deixe descansar por 5 minutos e coe. O ideal é a ingestão de 3 xícaras (chá) por dia.

Se você não está doente e não pretende ficar, a melhor forma de que isso aconteça é também tomando chá! Confira:

Chá para prevenir doenças

Ingredientes: 3 xícaras (chá) de água; 1 xícara (chá) de cascas de abacaxi; 1 folha seca ou fresca de eucalipto. Modo de preparo: ferva a água e retire do fogo; adicione todos os ingredientes, tampe e deixe abafado por 10 minutos; coe. O ideal é a ingestão de 1 xícara (chá) a cada 8 horas.

Apesar de serem muito eficazes no tratamento de doenças e mal-estares, os chás não devem ser o único meio de tratamento. É imprescindível o acompanhamento e a intervenção do médico quando você perceber que algo com sua saúde não anda bem. Muitas vezes o cuidado e a responsabilidade são o melhor remédio, não se automedique, nem negligencie seu bem-estar.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]