Saúde Integral

Qual o melhor alimento para o seu tipo sanguíneo?

tipo sanguíneo
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras



O sangue é um tecido conjuntivo líquido, que é produzido em alguns locais do corpo, como: medula óssea vermelha dos ossos chatos, vértebras, quadril, costelas, crânio e esterno. Em crianças, ossos longos, como o fêmur, também são capazes de produzir sangue.  Ele transita por veias, artérias e pelos capilares sanguíneos, rede que recolhe e distribui sangue para as células. Junto com os vasos sanguíneos e o coração, integra o sistema circulatório. Na composição do sangue estão o plasma, as hemácias, leucócitos e plaquetas.

Plasma

A chamada parte líquida do sangue tem cor amarelo palha e corresponde a 55% do seu volume.  O plasma tem 90% de água, mais proteínas e sais. Substâncias como enzimas, hormônios, fatores de coagulação, imunoglobina e albumina circulam pelo plasma.

Hemácias

São os glóbulos vermelhos. A coloração vem da hemoglobina, proteína vermelha que possui ferro. A hemoglobina faz as hemácias levaram oxigênio para todas as células do corpo. Em cada milímetro cúbico de sangue existem de 4,5 milhões a 5 milhões de hemácias.

Leucócitos

Os glóbulos brancos nos defendem das infecções. Os leucócitos chegam aos tecidos e brigam contra vírus e bactérias. Cada milímetro cúbico de sangue possui entre 5 e 10 mil leucócitos.

Plaquetas

Pequenas células que participam da coagulação, agindo nas hemorragias. Cada milímetro cúbico de sangue tem de 200 mil a 400 mil plaquetas por milímetro cúbico de sangue.

Curiosidades

Na Grécia Antiga, as pessoas já sabiam que o sangue era importante para a vida. Os nobres bebiam o sangue dos gladiadores mortos em combates para se livrarem de doenças, como a epilepsia.

No século XV, mais precisamente em 1492, o papa Inocêncio VIII bebeu o sangue de três jovens na tentativa de curar uma grave doença.  Entretanto, o papa não teve sua saúde restabelecida e os jovens morreram devido uma anemia.

Transfusão de sangue

O procedimento visa repor o sangue perdido em anemias crônicas, quimioterapia, transplante de medula óssea, acidentes e cirurgias. O paciente precisa ser assistido por um enfermeiro durante e nas primeiras horas após a realização. A transfusão é segura e obedece regras estabelecidas pela ANVISA e pela Associação Americana de Bancos de Sangue (American Association of Blood Banks). Mesmo sendo um procedimento seguro, a transfusão de sangue pode ter complicações como queda da temperatura corporal, febre, dificuldade para respirar e arritmia cardíaca.

Grupos sanguíneos

O imunologista austríaco Karl Landsteiner descobriu em 1900 o grupo ABO. Nele existem quatro tipos sanguíneos: A, B, AB e O.

Fator Rh

O fator Rh diz se o sangue é positivo ou negativo e determina a compatibilidade. Indivíduos com sangue positivo podem receber transfusão de qualquer Rh, porém doam apenas para pessoas com sangue positivo. Quem possui Rh negativo pode receber apenas sangue negativo, mas podem doar para pessoas com sangue positivo ou negativo.

Doação de sangue

O primeiro banco de sangue surgiu em Barcelona, em 1936, na Guerra Civil Espanhola. O sangue tem validade de 35 a 42 dias. Com a criopreservação, procedimento que mantém células ou tecidos biológicos a temperaturas baixas, o sangue pode durar até 10 anos. O processo é indicado para sangues raros como AB, B e O negativo.

A dieta do tipo sanguíneo

tipo sanguíneo

O sangue faz circular nutrientes pelo corpo. Mas você sabia que exerce influência sobre a alimentação? E isso não é nenhuma novidade. O livro A Dieta do Tipo Sanguíneo, escrito em 1996 pelo médico naturopata Peter D´Adamo, causou sensação. Essa dieta promete combater inflamações, retenção de líquido, inchaço e as temidas gordurinhas, pois reequilibra o organismo.  A atriz e bailarina Cláudia Raia experimentou e não se arrepende. Além de perder 7 quilos, também acabou com a enxaqueca.

O sucesso do livro traduzido em mais de 50 idiomas é baseado em um sistema holístico que busca a cura na natureza. A naturopatia costuma ser utilizada em conjunto com a nutrição, fitoterapia, homeopatia e acupuntura. D´Adamo afirma que existem evidências históricas, antropológicas e fisiológicas entre tipos sanguíneos e alimentação. Nessa dieta, os alimentos estão divididos em três categorias:

Benéficos: alimentos que previnem, tratam doenças e estimulam a perda de peso. Os alimentos benéficos precisam ser ingeridos diariamente.

Neutros: não fazem bem nem mal, não há frequência estabelecida para o consumo. São eles:

Nocivos: deixam o metabolismo lento, desequilibram o organismo e favorecem o ganho de peso. Se consumidos, dificultam a digestão, provocam enxaqueca e atrapalham a produção de insulina, hormônio que em grandes quantidades aumenta os estoques de gordura.

Tipo O

Sangue mais antigo, resultado do cruzamento entre etnias. Quem pertence a este tipo sanguíneo tem maior necessidade de proteína animal. Essas pessoas apresentam dificuldade em digerir lactose do leite e derivados.

Frutas e castanhas

Permitido: manga, ameixa, banana, goiaba, figo, cereja, sementes de linhaça e abóbora
Consumo moderado: maçã, pera, abacate, melancia, abacaxi, limão, melão, uva, papaia, pêssego, morango amêndoa, noz
Evitar: laranja, coco, kiwi, lichia, amora, pistache, amendoim, semente de girassol castanha-do-pará, castanha de caju

Carnes

Permitido: bovina, de carneiro, cordeiro e vitela
Consumo moderado: frango, pato e peru
Evitar: codorna e porco (presunto e bacon)

Peixes e frutos do mar

Permitido: bacalhau, linguado e truta
Consumo moderado: salmão, atum, sardinha, camarão, anchova, badejo, cação, siri, lagosta ostra e marisco
Evitar: salmão defumado, arenque, lula e polvo

Verduras, legumes e feijões

Permitido: acelga, brócolis, batata-doce, alface, abóbora, espinafre, salsa, couve, cebola, feijão fradinho
Consumo moderado: beterraba, agrião, berinjela, alho, tomate, aipo, abobrinha, rúcula, cenoura e soja (leite e tofu)
Evitar: couve-flor, alfafa, berinjela, alho-poró, batata-inglesa, champignon, pepino, feijão-mulatinho, milho e lentilha

Ovos e laticínios

Permitido: nenhum
Consumo moderado: manteiga, ovo e queijos de cabra, feta e mussarela
Evitar: leite, iogurte, cream cheese, creme de leite, sorvete à base de leite e a maioria dos queijos

Cereais

Permitido: trigo germinado
Consumo moderado: amaranto, quinoa e centeio
Evitar: pão branco, pipoca, aveia, farinha de trigo, cuscuz

Outros

Permitido: chá verde, azeite, óleo de linhaça
Consumo moderado vinho tinto, óleo de canola
Evitar: café, refrigerante, vinho branco e óleos de milho e amendoim 

Tipo A

Nesse tipo sanguíneos as pessoas têm dificuldade para digerir proteínas de origem animal e lactose do leite.

Carnes

Permitido: nenhuma
Consumo moderado: frango e peru
Evitar: bovina, vitela, cordeiro e porco (presunto e bacon)

Peixes e frutos do mar

Permitido: salmão, sardinha
Consumo moderado: atum, cação, tainha, tilápia e pescadinha
Evitar: anchova, ostra, camarão, linguado, hadoque, caranguejo e lagosta

Ovos e laticínios

Permitido nenhum
Consumo moderado: leite de cabra, ovos de codorna e galinha, iogurte, ricota, queijos feta e mussarela
Evitar: leite magro e integral, manteiga, requeijão, sorvete e queijos brie, parmesão e cottage

Frutas e castanhas

Permitido: abacaxi, ameixa vermelha, cereja, figo, limão, damasco e amendoim
Consumo moderado: pera, maçã, abacate, morango, goiaba, melancia, uva, lichia, caqui,amêndoa, pêssego, kiwi e gergelim
Evitar: coco, banana, manga, laranja, papaia, pistache e castanha-do-pará e castanha de caju

Verduras, legumes e feijões

Permitido: abóbora, acelga, alface, aipo, brócolis, cenoura, couve, alcachofra, salsa, espinafre, feijões azuqui e fradinho, lentilha e soja (leite e queijo/tofu)
Consumo moderado: abobrinha, agrião, rúcula, broto, milho, beterraba, couve-flor, ervilha e feijões branco e de corda
Evitar: tomate, repolho, inhame, repolho, berinjela, batata de todos os tipos, shitake, inhame e tomate

Cereais

Permitido: aveia, centeio, amaranto e farinha de aveia
Consumo moderado: aveia em flocos, arroz, fubá, milho, farinha integral e pipoca
Evite: gérmen de trigo e farelo de trigo

Outros

Prefira: chá verde, café, vinho tinto, alho, shoyu (molho de soja), gengibre, azeite e óleo de linhaça
Consumo moderado: alecrim, mostarda, canela, orégano, manjericão, salsa, hortelã, noz-moscada, gelatina e vinho branco
Evitar: licor, cerveja, chá preto, refrigerante, gelatina, alcaparra, vinagre, óleos de coco e milho

Tipo B

Único tipo de sangue que se dá bem com leite e derivados. Porém, é incompatível com proteína do frango.

Carnes

Permitido: cordeiro e carneiro
Consumo moderado: bovina, fígado e peru
Evitar: frango e porco (bacon e presunto)

Peixes e frutos do mar

Permitido: salmão, bacalhau, sardinha merluza, linguado e badejo
Consumo moderado: atum, anchova, cação, tainha e tilápia
Evitar: salmão defumado, caranguejo, lagosta, siri, polvo, camarão, truta e ostra

Ovos e laticínios

Permitido: leite, iogurte, coalhada, ricota, mussarela, queijos feta, cottage e de minas
Consumo moderado: manteiga, creme de leite, ovo, queijos brie, suíço, provolone, parmesão, cheddar e requeijão
Evitar: cream cheese e ovo (todos, com exceção do de galinha)

Frutas e castanhas

Permitido: ameixa vermelha, abacaxi, melancia, banana, papaia e uva
Consumo moderado: limão, goiaba, cereja, maçã, damasco, kiwi, figo, laranja, manga, linhaça e castanha-do-pará
Evitar: abacate, coco, caqui, romã, carambola, amendoim, castanha de caju e pistache

Verduras, legumes e feijões

Permitido: brócolis, beterraba, berinjela, cenoura, salsa, batata-doce, inhame, couve, repolho e feijões mulatinho e manteiga
Consumo moderado: espinafre, abóbora, cebola, agrião, alface, acelga, aipo, batata-inglesa, vagem, feijão-branco e ervilha
Evite: alcachofra, azeitona, tomate, milho, soja (leite e queijo/tofu), grão-de-bico e feijões preto, fradinho e azuqui

Cereais

Permitido: farelo de arroz e de aveia
Consumo moderado: arroz (branco e integral), quinoa e granola
Evitar: farinha de trigo, milho e centeio

Outros

Permitido: chá verde gengibre, salsa, curry, raiz-forte e azeite
Consumo moderado: café, chá preto, cerveja, vinhos branco e tinto, alecrim, alho, coentro, óleo de linhaça, gelatina, mostarda, mel, hortelã

Evitar: pimenta-do-reino, óleo de coco, canela, maisena, gelatina, refrigerante e bebida destilada

Tipo AB

Para a união dos grupos A e B, uma dieta variada e pequenas porções. O tipo sanguíneo tolera poucas carnes.

Carnes

Permitido: peru, cordeiro e carneiro
Consumo moderado: fígado
Evite: bovina, frango, cordorna e porco (presunto e bacon)

Peixes e frutos do mar

Permitido: atum, salmão, bacalhau, sardinha e badejo
Consumo moderado: anchova, lula, tainha cação e tilápia
Evitar: camarão, lagosta, caranguejo, linguado, ostra, merluza, salmão defumado, siri e truta

Ovos e laticínios

Permitido: ovo, iogurte, leite de cabra e queijos feta, cottage, ricota e mussarela
Consumo moderado: leite desnatado, ovo de codorna e queijos cheddar, suíço e requeijão
Evitar: leite integral, manteiga, creme de leite, cream cheese, queijos parmesão e brie

Frutas e castanhas

Permitido: melancia, ameixa, limão, goiaba, cereja, abacaxi, uva, kiwi, amendoim e nozes
Consumo moderado: ameixa seca, maçã, pera, lichia, pêssego, papaia, castanha do pará e linhaça
Evitar: abacate, caqui, banana, coco, laranja, manga goiaba e romã

Cereais

Permitido: arroz (branco e integral), aveia e farinhas de soja arroz e centeio
Consumo moderado: cuscuz, farelo de trigo e granola
Evitar: tapioca, flocos de milho, milho, pipoca, e trigo

Outros

Permitido: chá verde, vinho tinto, alho, gengibre, curry e azeite
Consumo moderado: cerveja óleo de linhaça e açafrão
Evitar: café, refrigerante, azeitona preta, pimenta-do-reino e vermelha

 O outro lado da moeda

A dieta do tipo sanguíneo é ovacionada. Entretanto, há quem não goste dela e a veja como uma busca pelo milagre do emagrecimento rápido. O endocrinologista Alfredo Halpern, morto em novembro de 2014, considerava essa dieta “uma bobagem”. Para Halpern, a dieta baseada nos tipos de sangue estimula a perda de peso, por contemplar alimentos saudáveis, sem existir nenhuma relação com grupos sanguíneos.

A dieta baseada nos tipos de sangue tem suas vantagens. Ela prioriza frutas, verduras, legumes, temperos e chás. Sua variedade vai na contramão de muitas dietas e possui defensores e críticos, como em todo programa de emagrecimento. Antes de começar está ou qualquer outra dieta, procure um nutricionista, o profissional estudará seus hábitos e fará uma readequação alimentar de acordo com seu perfil.


  • Escrito por Sumaia Santana da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]