Saúde Integral

Dieta do tipo sanguíneo O — O que comer e o que evitar?

Mulher com um coraçãode pelúcia em suas mãos
Puwadon Sang-ngern / Pexels
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O tipo sanguíneo de uma pessoa é uma das informações mais importantes que podemos ter sobre ela, biologicamente falando. É a partir desse dado que entendemos para quem ela pode doar sangue e de quem ela pode receber, por exemplo.

Isso porque, ainda que todos nós sejamos compostos por esse líquido vermelho, ele não é igual para todo mundo. Existem quatro tipos sanguíneos, que também apresentam um Rh positivo ou negativo. Assim, o sangue de um indivíduo pode ser: A+, A-, AB+, AB-, B+, B-, O+ ou O-.

Para identificar qual é o seu tipo sanguíneo, é necessário fazer um exame de sangue. Feito isso, você já pode desvendar o universo da dieta do tipo sanguíneo, criado por Peter d’Adamo. Para ele, os alimentos que ingerimos afetam os nossos organismos de maneiras diferentes, dependendo do tipo de sangue que temos.

Então uma pessoa com o tipo sanguíneo O, positivo ou negativo, deve se alimentar de uma maneira diferente de quem tem outro tipo de sangue, de forma a evitar doenças e manter o bom funcionamento do corpo. A seguir, saiba mais sobre a dieta para esse tipo sanguíneo!

Entenda a influência de cada tipo de alimento

A dieta do tipo sanguíneo defendida por Peter d’Adamo define que existem três grupos de alimentos para nós. Os alimentos benéficos, que previnem e curam doenças, os alimentos neutros, que são indiferentes para os nossos corpos, e os alimentos nocivos, que podem causar doenças.

Mãe e filha cozinhando juntas
August de Richelieu / Pexels

Isso porque cada alimento interage de uma maneira diferente com o nosso sangue, dependendo do tipo sanguíneo que temos. Eles podem facilitar ou dificultar a digestão, estimular ou desestimular a produção de mais saliva, fortalecer ou enfraquecer a imunidade e incentivar o descarte de toxinas ou acumulá-las, por exemplo.

Dessa forma, você pode promover um funcionamento mais eficiente do seu corpo se conhecer os alimentos bons para o seu tipo sanguíneo. A seguir, você vai descobrir quais são os ingredientes mais indicados para o tipo sanguíneo O!

Alimentos bons para o tipo sanguíneo O

O sangue do tipo O tem um perfil de caçador. Ou seja, ele precisa de uma dieta rica em proteínas para funcionar plenamente no organismo. Mas quais são as melhores fontes de proteína para quem tem esse tipo sanguíneo?

Os alimentos bons para o tipo sanguíneo O são: carnes (boi, veado, fígado, cordeiro, ovelha, búfalo e coração de boi), peixes (bacalhau, perca, peixe-espada e linguado), azeite, linhaça, sementes (abóbora, girassol e gergelim), nozes e hortaliças (alga marinha, cebola, chicória, dente-de-leão, espinafre, folha de beterraba, abóbora, acelga, alcachofra, batata-doce, brócolis, endívia, quiabo e nabo).

Peixe assado com legumes
Dana Tentis / Pexels

Além disso, também estão permitidos os seguintes alimentos: feijão preto, ameixa, banana, amora, cereja, figo, framboesa, goiaba e manga. Os temperos podem ser açafrão, salsa, curry, pimenta caiena e alfarroba. Todos os ingredientes listados precisam de muito suco gástrico para serem digeridos, e é exatamente isso que o sangue O oferece ao corpo.

Alimentos neutros

Os alimentos neutros para o tipo sanguíneo O são aqueles que não curam e também não provocam enfermidades. Logo, eles podem ser consumidos sem exageros, visto que não representam um benefício comprovado para o corpo. São eles:

Carnes de avestruz, coelho, cavalo, galinha, peru, pombo, faisão e cabra; peixes e frutos do mar, como atum, cação, carpa, cavala, truta, mexilhão, camarão, caranguejo, ostra, lagosta e sardinha; óleos de amêndoa, canola, gergelim, nozes e fígado de bacalhau; frutos secos, que podem ser amêndoas, avelãs, macadâmia, sementes ou pinhões.

Nesse caso, os carboidratos são considerados neutros para o organismo, podendo ser ingeridos: amaranto, arroz, aveia, farinha de centeio, pão de centeio ou sem glúten, quinoa, trigo sarraceno e tapioca. Entre os legumes, feijões vermelhos e verdes, soja, ervilha e grão-de-bico.

Três colheres com arroz em cima
Vie Studio / Pexels

As hortaliças apresentam grande variedade, como abobrinha, aipo, agrião, alface, azeitonas verdes, aspargo, berinjela, beterraba, cenoura, chucrute, coentro, cogumelos, couve-de-bruxelas, ervilhas, gengibre, abóbora, inhame, rabanete, pimentão, repolho, rúcula e tomate.

Também são considerados neutros os seguintes temperos: alho, erva-doce, cebolinha, açafrão, alecrim, baunilha, canela, cardamomo, pimenta, coentro, cravo, estévia, estragão, hortelã, folha de louro, manjericão, mostarda, orégano, páprica, sal marinho, sálvia e tomilho.

Para finalizar, as frutas abacaxi, caqui, pêssego, framboesa, limão, maçã, mamão, melancia, melão, morango, pera, romã, uva e tâmara não prejudicam e não beneficiam o corpo de quem tem sangue O.

Alimentos ruins para o tipo sanguíneo O

Depois de conhecer os alimentos que você pode consumir se tem sangue tipo O, está na hora de desvendar quais são os ingredientes que você deve evitar na sua dieta. Eles podem facilitar em excesso o processo de digestão, fazendo com que os sucos gástricos que seu corpo libera se acumulem, resultando em gastrite, por exemplo.

Sendo assim, evite: bacon, presunto, codorna, bagre, lula, polvo, rã; leite e derivados, como creme de leite, leite de cabra, margarina, iogurte, kefir e queijos (brie, azul, parmesão, ricota, emmental, gouda, gruyère, provolone, cottage, cheddar e camembert); feijão branco e lentilhas, bem como castanhas, amendoim, semente de girassol e pistache.

Imagem aproximada de feijões
Digital Buggu / Pexels

Outros alimentos nocivos para o tipo sanguíneo O são: derivados de trigo, amido de milho, cevada, glúten, alho-poró, alfafa, pepino, alcaparra, batata, abacate, cereja, kiwi, laranja, coco, melão e mexerica. Em relação aos óleos, deve-se evitar os de coco, amendoim, algodão, girassol, milho, rícino, soja e onagra.

Finalmente, é importante evitar as seguintes bebidas: café, chá preto, cerveja, refrigerantes e bebidas destiladas. Há também os alimentos que devem ser evitados para combater a retenção de líquidos e de gordura, como leite de coco, xarope de milho, ovo de codorna, noz-moscada e aspartame.

Posso fazer a dieta do tipo sanguíneo O?

A dieta do tipo sanguíneo O só pode ser realizada por quem tem esse tipo sanguíneo. Além disso, todas as dietas alimentares devem ser indicadas por profissionais da saúde, como nutricionistas. Só eles podem definir o que o seu corpo precisa e quais alimentos podem te ajudar a ser mais saudável.

Você também pode gostar

É importante ressaltar, nesse caso, que a dieta do tipo sanguíneo não apresenta comprovação científica e, inclusive, é alvo de críticas por causa disso. Então, antes de fazê-la, procure uma opinião médica para compreender o que é realmente adequado para a sua saúde.

Tendo em vista todo o conteúdo apresentado, concluímos que a dieta do tipo sanguíneo O é composta por uma grande variedade de proteínas. Porém é importante se atentar para os alimentos que podem promover o acúmulo de gorduras e de toxinas, a fim de aumentar o seu bem-estar. Sempre procure auxílio médico antes de realizar uma dieta!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br