Meditação

Medite para atrair bons relacionamentos

Mulher meditando e nascer do sol ao fundo
Aleksandr Davydov / 123rf
Ricardo Ricchini
Escrito por Ricardo Ricchini

Este artigo é o quinto de uma série – inspirado nos chakras – que trata da harmonia em sete áreas da vida. A verdade é que a espiritualidade deve ser praticada fora do templo. Obtemos conexão com algo maior meditando, mas nosso trabalho é ter paz interior e felicidade lidando com nossa saúde, nossas finanças, gerindo nosso tempo, nos relacionando com patrões e subordinados, nos expressando, entendendo por que fazemos o que fazemos e tomando consciência de todo esse processo.

Você pode acompanhar minhas aulas de meditação gratuitas e online aqui: https://www.ricchini.com.br/meditacao-gratuita-online

Todos gostaríamos de desenvolver relacionamentos melhores, seja com o cônjuge, família, amigos, chefe, subordinado, cliente ou com o fornecedor. Isso porque o ser humano é um ser social. Temos necessidade básica de pertencer a grupos e de nos sentirmos incluídos.

Paradoxalmente desenvolvemos hábitos de julgar os outros, de defender nosso ponto de vista e de valorizar polaridades, o que desgasta relacionamentos e nos afasta das pessoas. Não fortalecemos esses comportamentos porque queremos. Fazemos isso por ignorância.

Então, contra um paradoxo, podemos usar outro. Uma forma eficaz de nos conectarmos com as pessoas é ficando sozinhos. Antes de amar o outro, precisamos nos amar. Para ter a capacidade de compreender o outro, precisamos antes nos conhecer.

A meditação pode ajudar com o treino da empatia e amorosidade. Além de relacionamentos melhores e mais fortes com outras pessoas, amplificar a compaixão traz benefícios para a saúde e felicidade: menor inflamação, diminuição de ansiedade e até uma vida mais longa.

Homem branco de barba meditando ao ar livre.
Spencer Selover / Pexels

Podemos praticar meditação guiada (pelo texto abaixo) com foco no chakra do coração para fortalecer nosso autoconhecimento. Leia um trecho, feche os olhos, aprofunde sua consciência, abra os olhos, leia mais um trecho…

Meditação do coração

Foque sua concentração no peito. Sinta o coração batendo, sinta-o vibrando.

Invista um tempo percebendo esse movimento eterno e ritmado dentro do corpo.

Se permita sentir as energias que estão orbitando em volta do coração.

Explore as energias positivas. Sinta o seu poder para o amor, para a compaixão, para a benevolência.

Agora, usando o seu poder de observação, que permite perceber, mas não se envolver, note também os sentimentos negativos que rodeiam seu coração.

Eles impedem de vibrar amor de forma mais pura e constante.

Concentre-se para descobrir quais seriam essas energias negativas. Existe alguma espécie de raiva, tristeza, ressentimento, alguma vingança? Por que esses sentimentos estariam próximos do seu coração?

Uma observação consciente vai mostrar que a única função dessas energias é impedir que o amor flua. Vale a pena manter essas energias no seu coração?

O preço do apego a essas energias é o bloqueio do amor pleno em todas as suas formas.

Vamos agora identificar e dissolver as energias que não nos interessam e que nos impedem de enxergar o próximo como ele realmente é.

Mulher branca meditando com braços abertos ao ar livre.
Lucas Pezeta / 123rf

Com as energias negativas predominando, ou mesmo que sejam sutis, é desafiador amar a si mesmo, seu corpo, sua inteligência. Nos sabotamos e não acreditamos em nós mesmos.

Quando notar alguma energia de inveja, ilumine-a e dissolva-a, com a compreensão de que a inveja só ocorre quando focamos mais na felicidade dos outros do que na nossa.

Não se esqueça de focar no coração. Pode ser que sinta calor, movimento, pulsação, algum fluxo. Ou nada. Não importa. Desde que a intenção seja manter o foco no centro do peito.

Sem amor fluindo naturalmente, acabamos nos rendendo aos desejos e prazeres externos. O que nos empobrece e nos tira a saúde.

Ao notar uma energia de ciúme, transforme-a em desapego, pois sabemos que a possessividade traz frutos amargos, enquanto a generosidade nos traz frutos doces.

Você também pode gostar

Bloqueando a energia benéfica do amor, é difícil amar o que se faz ou se identificar com uma atividade física ou um passeio no parque. Então deixamos a preguiça nos dominar.

Se descobrir algum desânimo rodeando seu coração, entregue-se a esse sentimento,

até entender que o objetivo inicial dele era te proteger. Então você pode permitir que ele se dissolva até que o autocontrole assuma, podendo experimentar a coragem por ter se desafiado na entrega ao sentimento.

As energias negativas que acabamos cultivando em nosso coração, por ignorância do mal que nos fazem, nos impedem de ter a pessoa amada por perto ou nos impedem de ter relações saudáveis. Quando notamos, afastamos quem amamos e as pessoas que gostaríamos que nos amassem.

A instabilidade emocional torna mais penoso amar alguém e fica mais difícil atrair o amor.

Experimente pedir ajuda. Pode ser ao divino com uma prece, pode ser às forças da natureza, que operam também em todas as células do seu corpo, pode ser ao seu Eu Superior.

Sabendo que não estamos sozinhos e que os dilemas são solucionados com interdependência, nós podemos harmonizar nossa energia.

Concentre-se no coração

Quem expressa suas verdades sem se preocupar com o contexto de vida dos outros pode estar agindo com boas intenções, mas também pode estar ferindo e magoando as outras pessoas, fragilizando e desgastando relações.

Ao notar arrogância no seu coração, conecte-se com a lembrança de um momento em que a humildade foi uma energia viva e predominante, conecte-as e transforme superioridade em modéstia, pois a única coisa que sabemos é que não sabemos de nada. E essa verdade liberta.

Mulher meditando em pé ao ar livre.
Eternal Happiness / Pexels

As emoções negativas nos deixam perdidos, sem que possamos saber nosso propósito. O amor bloqueado nos impede de entender o que viemos fazer nesta vida.

Ao notar alguma energia de temor, lembre-se de que a intuição é sua aliada. Confie na voz do coração. Confie em si e nos outros. Ouse.

Observe com carinho e amor seu coração e as energias que orbitam em torno dele. Às energias que não lhe trazem benefício permita que o poder amoroso do seu coração as afaste. E aumente o poder gravitacional das energias positivas para que esses sentimentos fiquem cada vez mais perto.

Escolhendo conscientemente as energias que você quer para sua vida, sem julgamento ou opiniões sobre si mesmo, experimente felicidade. E aguarde, sem expectativa, o amor ser atraído para perto de si.

Cada energia negativa dissolvida aumenta nossa capacidade de amar e de ser amado.

Continue acompanhando a série:

Sobre o autor

Ricardo Ricchini

Ricardo Ricchini

Professor de meditação, autor, palestrante e especialista em negociações

Email: [email protected]
Site: ricchini.com.br
Instagram: meditacao.transforma
Facebook: Grupo Meditando para eliminar a ansiedade
Youtube: AQUI TEM NEGÓCIO!
Linkedin: linkedin.com/in/ricchini/
Livro: Livro Meditação Mindfulness