Espiritualidade

Pedra Lápis-Lazuli: saiba como usar seus efeitos terapêuticos

Pedras Lapis Lazuli.
jonnysek / 123rf
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você já percebeu como é raro encontrar objetos azuis na natureza? É difícil pensar em flores e frutas que apresentam essa cor, por exemplo. Mas isso não significa que o azul é inexistente. Na verdade, ele é o tom predominante na pedra lápis-lazuli, que carrega importantes energias. A seguir, desvende cada detalhe sobre esse cristal único na natureza!

Significado da pedra lápis-lazuli

A primeira coisa que devemos saber sobre a pedra lápis-lazuli é de onde vem o nome que ela recebe. A expressão foi formada a partir do idioma latim. Enquanto “lapis” significa “pedra”, “lazulum” é “vida do rei”. Ou seja, lápis-lazuli seria a pedra da vida do rei. Por esse motivo, frequentemente ela é chamada de “pedra do faraó”.

Para que serve a pedra lápis-lazuli?

Pedra Lápis-Lazuli.
wollertz / 123rf

Para que um cristal seja considerado a pedra do faraó, já deduzimos que ele tem muito poder. Porém quais são essas vibrações tão positivas que a pedra pode emanar? Continue lendo para entender como o cristal atua no corpo físico, no corpo espiritual e em ambientes.

1) Corpo físico

No corpo físico, o lápis-lazuli é importante no tratamento de enfermidades que afetam a garganta. Além disso, a pedra pode ser utilizada para combater dores de cabeça e para melhorar o funcionamento do sistema endócrino.

2) Corpo espiritual

A principal função do lápis-lazuli no corpo espiritual é a clareza mental. A pedra é capaz de estimular a sabedoria, inspirar a meditação e expandir a consciência. Também, o cristal é útil para promover sonhos lúcidos e até uma projeção astral.

3) Ambientes

No ambiente de trabalho ou em casa, o lápis-lazuli é importante para desenvolver o bom humor e a comunicação entre as pessoas. Logo, pode ser uma maneira de manter a boa convivência, apesar das dificuldades do cotidiano.

Simbologia da pedra

As características positivas do lápis-lazuli, embora sejam utilizadas nos dias de hoje, são percebidas desde a antiguidade. Acredita-se que a força espiritual dessa pedra é muito elevada, por isso ela sempre esteve relacionada aos guardiões espirituais.

Por outro lado, o Antigo Egito considerava que o lápis-lazuli era como um portal para o plano espiritual de existência. Sendo assim, o cristal era frequentemente incluído em tumbas, em joias e em esculturas.

Outros povos que se atentaram para os poderes do lápis-lazuli foram alguns indígenas. Para eles, o cristal teria o poder de fazer a verdade prevalecer, impedindo que uma pessoa contasse mentiras.

Curiosidades sobre o lápis-lazuli

Os benefícios da pedra lápis-lazuli já foram úteis para os faraós e para os povos indígenas. E, na atualidade, ela se destaca com a pedra de poder de algumas profissões e de alguns signos. Isso significa que as características que ela apresenta são intensificadas para as pessoas que se encaixam nos tópicos seguintes:

Pedra lápis-lazuli e as profissões

Pedras Lápis-Lazuli.
jonnysek / 123rf

Uma vez que a pedra lápis-lazuli oferece clareza mental e estimula a busca pela verdade, é fácil identificar quais são as profissões beneficiadas por ela. São aquelas que necessitam de criatividade, de atenção, de controle emocional e de honestidade. Portanto o cristal é a pedra de poder para os profissionais:

— Advogados;

— Jornalistas;

— Estudantes;

— Músicos;

— Psicólogos e terapeutas.

Pedra lápis-lazuli e os signos

Os signos privilegiados pela pedra lápis-lazuli são influenciados de formas diferentes por ela. Identifique quais são os benefícios que o cristal oferece em cada caso:

— Touro: estimula a elaboração de planos que trazem estabilidade;

— Aquário: inspira a abertura da mente para novas perspectivas sobre o mundo;

Sagitário: acentua o bom humor e favorece o intelecto.

Como usar a pedra lápis-lazuli?

Mesmo que a pedra lápis-lazuli não seja a sua pedra de poder, é possível receber as boas vibrações que ela oferece. Se você quer melhorar a sua comunicação com outras pessoas ou combater a irritação cotidiana, por exemplo, acrescente o cristal bruto na sua casa ou no seu trabalho.

Entretanto, se você está precisando de mais proteção nos seus dias, deve utilizar o lápis-lazuli como um amuleto, seja em uma pulseira, em um chaveiro ou em um colar.

Você também pode gostar

Ou então, se quer curar algum aspecto do seu corpo físico que pode ser melhorado com o poder da pedra, posicione o lápis-lazuli no seu terceiro olho em um momento de meditação.

Ao fazer isso, além de melhorar a saúde do seu corpo, vai estimular o processo meditativo, conectando-se com sua consciência.

Como limpar minha pedra lápis-lazuli?

Depois de utilizar o seu lápis-lazuli muitas vezes, você vai perceber o acúmulo de impurezas na pedra. Para combatê-lo, lave o cristal com água corrente, sem utilizar outros ingredientes, por tempo suficiente para limpá-lo. Se desejar, lave-o na água da chuva.

Como energizar a pedra lápis-lazuli?

Pedra Lápis-Lazuli.
zlatamarka / 123rf

Assim que o seu lápis-lazuli estiver limpo, você deve garantir que ele está energizado também. Assim, coloque-o em contato com os raios solares por três minutos. Caso você tenha escolhido a limpeza com a água da chuva, não precisa energizar a pedra depois.

Precauções sobre a pedra lápis-lazuli

Apesar das qualidades do lápis-lazúli, o cristal pode ser prejudicial em uma situação. Por ser uma pedra que vibra muitas energias, não é recomendado mantê-la no quarto, porque pode atrapalhar o sono.

A partir das informações apresentadas sobre a pedra lápis-lazuli, observamos que esse cristal poderoso é um importante aliado na meditação e na convivência com outras pessoas. Aproveite os poderes da pedra do faraó para aumentar a sua clareza mental, elevar sua sabedoria e expandir sua consciência.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br