Cristaloterapia Energia em Equilíbrio

Cristais e pedras naturais: você precisa conhecer os benefícios e propriedades mágicas de cada um deles!

A natureza é muito mais poderosa do que a ciência pode explicar. Tanto é assim que, desde os primórdios da humanidade, seus elementos são usados em práticas de cura natural. É o caso de pedras e cristais, cujas energias podem ser usadas a nosso favor. Descubra todo o poder dos recursos da natureza!

Muito mais do que elementos usados na decoração ou na confecção de joias, as pedras e os cristais também são conhecidas por seus poderes espirituais. Desde a Antiguidade, esses elementos da natureza são usados como objetos de proteção e de sorte, além de em terapias holísticas, por exemplo.

Isso ocorre porque se acredita que cada pedra e cristal natural possui propriedades energéticas específicas para determinados usos. Neste artigo, vamos apresentar os tipos, as energias e as características que envolvem cada cristal e pedra. Continue lendo e aprenda mais sobre a espiritualidade através da natureza!

Diferenças entre pedras naturais e cristais

É comum que pedras naturais e cristais sejam confundidos por suas semelhanças, mas existem diferenças importantes entre ambos. Suas particularidades podem até mesmo interferir na utilização deles.

Os cristais possuem uma estrutura molecular bem ordenada e apresentam propriedades terapêuticas e energéticas mais intensas. Costumam ser usados em práticas de meditação, cura e equilíbrio energético, além de fazerem sucesso pela transparência, brilho e coloração únicos.

Entenda tudo sobre cristais e pedras naturais:

Já as pedras naturais, bastante variadas em composição e formação, são classificadas como gemas e podem ser orgânicas, minerais ou, ainda, criadas pelo homem. Elas também possuem energias especiais e é comum usá-las para proteção, fortalecimento físico e emocional, além de em trabalhos de ancoramento.

Pedras e cristais na história

A atual popularidade das pedras e dos cristais em práticas religiosas e espirituais, na verdade, não é uma novidade para o ser humano. Desde a Antiguidade, homens e mulheres usavam esses elementos da natureza para fins místicos.

Na civilização egípcia, por exemplo, os cristais eram vistos como símbolos de sabedoria e poder, usados em joias, amuletos e na decoração de templos. Também era comum triturar lápis lazúli para colocar nos olhos do faraó, no ato da mumificação, a fim de que ele enxergasse as portas do outro mundo.

Os gregos, por sua vez, acreditavam que os cristais possuíam poderes curativos e podiam ser usados para equilibrar corpo e mente. Japoneses e chineses, por outros lado, usavam-nos na medicina tradicional e acreditavam que podiam atrair energias positivas e afastar as negativas.

As coroas reais, em diversas culturas, também foram consideradas mais do que adornos de imponência. Acreditava-se que as pedras e o ouro nelas utilizadas amplificavam a conexão espiritual do rei, aumentando sua sabedoria para governar.

Por fim, outro bom exemplo do uso dos cristais e das pedras são os povos indígenas. Entre eles, havia a crença de que as pedras seriam curativas e que poderiam ser usadas para estabelecer uma conexão com a natureza.

Isso foi apenas um pequeno recorte da história da humanidade com as pedras e os cristais. Se estudarmos a fundo, veremos que outras culturas se debruçaram no estudo e uso desses elementos. Afinal, nunca houve fronteiras para esse poder energético.

Tipos de pedras e cristais: características e energias

Como tudo na imensidão da natureza, existem variados tipos de pedras e cristais, cada qual com características e energias únicas. As pedras polidas, por exemplo, são usadas na confecção de joias e bijuterias. Elas possuem uma energia mais equilibrada e suave.

As pontas de pedra, por outro lado, são mais aplicadas para direcionar a energia a um ponto específico. Já as pedras brutas (que não passaram por processos de lapidação ou polimento) têm uma energia mais intensa e espalhada. Por causa disso, costumam ser usadas na meditação e em terapias holísticas.

Há, também, as drusas, que nada mais são do que aglomerados de pequenos cristais que, juntos, formam uma superfície pontiaguda. Com isso, as energias das pedras são mais potentes e concentradas.

Além desses tipos, também temos as pedras roladas, que são polidas para terem um formato arredondado e costumam ser usadas em joalheria. Esse é o caso das pedras preciosas, que são mais raras e valiosas, como o diamante e o rubi, por exemplo. Também há as pedras semipreciosas, com valor inferior, mas também com grande poder energético, como a ametista e o quartzo rosa.

Ainda, existem os geodos, que são formações naturais de cristais em uma cavidade rochosa; as pedras de lava, formadas no resfriamento de lava vulcânica, como a obsidiana; e as pedras fluorescentes, que emitem sua própria luz quando expostas à luz ultravioleta, como a fluorita.

Significado das pedras e dos cristais

Cristais e pedras possuem significados que variam de acordo com suas características: cor, formato, composição química etc. A partir desses significados, cada pedra ou cristal pode ser usado para um fim terapêutico específico. Neste momento, vamos explorar os significados de acordo com as cores.

Pedras azuis

As pedras azuis estão conectadas à percepção, à comunicação, à clareza, à intuição, ao autoconhecimento e ao equilíbrio interior. Costumam ser usadas na meditação, visto que possuem poder calmante e atraem harmonia. Além disso, essas pedras são associadas ao 5º e ao 6º chakra, interferindo no raciocínio e na criatividade. Então, podem ser usadas quando é necessário abrir a mente para novas possibilidades.

Entre as pedras azuis mais conhecidas, temos:

Cristais azuis
Vera Larina / Shutterstock

Pedras vermelhas

Intimamente ligadas à paixão, as pedras vermelhas costumam ser associadas ao amor, mas vão muito além dele. Essa cor também diz respeito à vitalidade, força, energia e coragem, pois estimula corpo e mente através da ativação da circulação sanguínea. Por isso, estão conectadas ao 1º chakra, chamado de básico ou raiz, e são usadas, por exemplo, para fortalecer e aumentar o magnetismo de quem as usa.

As pedras vermelhas mais conhecidas incluem:

Pedras roxas

Profundamente ligadas à conexão espiritual, as pedras roxas ajudam na transmutação das energias e são bastante usadas na meditação. Transformação, cura, intuição, misticismo e imaginação também são palavras-chave. Independentemente da variação na tonalidade de roxo, essas pedras elevam o espírito de quem as usa, também ajudando a obter maior serenidade durante a meditação.

Entre as pedras roxas mais conhecidas, podemos citar:

  • ametista (quartzo roxo);
  • fluorita roxa;
  • sugilite;
  • charoíta;
  • iolita;
  • lepidolita;
  • turmalina roxa;
  • ágata roxa.

Pedras pretas

Conhecidas por absorverem a energia negativa e transmutá-la em energia positiva, as pedras pretas são fortes amuletos de proteção. É a ausência de cor e a ligação com a terra que conferem a tais pedras essa propriedade. Portanto, podem ser usadas, por exemplo, para tratar medos ou fazer a limpeza pessoal e dos ambientes. Por essas características, as pedras pretas estão ligadas ao chakra raiz.

Algumas das pedras pretas mais conhecidas são:

Pedras verdes

Relacionadas ao chakra do coração, as pedras verdes são associadas à cura, ao crescimento e à renovação. Fisicamente, protegem o sistema imunológico, o coração, o fígado e o sistema nervoso. Emocionalmente, ajudam com traumas emocionais e mágoas. Essas pedras também estão conectadas à natureza, o que lhes confere um alto poder de renovação. Além disso, podem ser usadas visando à prosperidade e à fartura.

Como exemplos de pedras verdes mais conhecidas, temos:

  • quartzo verde (aventurina);
  • malaquita;
  • pedra jade;
  • esmeralda;
  • amazonita;
  • prehnita;
  • calcita verde;
  • serpentina;
  • crisopázio;
  • ágata verde;
  • jaspe verde;
  • turmalina paraíba;
  • turmalina verde.

Pedras amarelas

Sua alta conexão com a energia solar confere às pedras amarelas a energia da alegria, da vitalidade e da disposição. Assim, tais pedras costumam melhorar o humor e aumentar a autoconfiança de quem as porta. A criatividade também está fortemente relacionada às pedras dessa cor.

Algumas das pedras amarelas mais conhecidas que existem são:

Pedras marrons

Representando a estabilidade, a segurança e a harmonia com a natureza, as pedras marrons são excelentes para quem precisa entender a vida e aceitar algumas situações. Elas incentivam a plenitude da alma e mantêm as emoções sob controle, além de proporcionar uma sensação de conforto e acolhimento. Essas pedras também ajudam no alinhamento dos chakras.

Como pedras marrons mais conhecidas, podemos citar:

  • jaspe marrom;
  • olho de tigre;
  • bronzita;
  • calcita marrom;
  • turmalina marrom.
Cristal olho de tigre sobre uma mesa de madeira marrom
joelpc / Shutterstock

Pedras brancas

Conhecidas por estimularem a pureza, a paz interior e a clareza mental, as pedras brancas são ótimas para limpar a energia negativa. Elas ajudam a lidar com as situações de forma mais tranquila, favorecendo o equilíbrio emocional. Tais pedras também são associadas à sabedoria e à intuição.

Entre as pedras brancas mais conhecidas, encontramos:

Pedras cinzas

As pedras cinzas, por sua cor, remetem naturalmente à neutralidade, mas seu significado pode ser aprofundado. Tais pedras também representam a estabilidade emocional, sendo capazes de acalmar a mente e gerar equilíbrio para as emoções de quem a utiliza. Elas também estão associadas à proteção espiritual.

As principais pedras cinzas são:

  • quartzo cinza;
  • hematita;
  • ágata cinza;
  • turmalina cinza;
  • obsidiana cinza;
  • fluorita cinza;
  • pedra olho de gato;
  • galena.

Pedras transparentes

Proteção espiritual, clareza mental, sensibilidade, limpeza, obtenção de energia, visão, compreensão. As pedras transparentes possuem diversas propriedades, tornando-as especialmente versáteis. Isso ocorre devido à sua ausência de cor, que sinaliza um espectro de todas as cores juntas.

Algumas das principais pedras transparentes são:

Pedras rosas

Representantes do amor e da sensibilidade, as pedras rosas são indicadas para equilibrar as emoções e atuar positivamente nos relacionamentos amorosos. A estes, conferem harmonia e trabalham a ternura. Também estão relacionadas à autoestima e à autoaceitação, favorecendo o aumento do amor-próprio.

Entre as principais pedras rosas, temos:

Como usar a magia das pedras e dos cristais para curar e equilibrar?

Antes de usar pedras e cristais, é importante saber a qual finalidade servirão. Você pode trabalhar um chakra específico, por exemplo, ao qual algumas pedras estão associadas. Por exemplo, o jaspe vermelho está relacionado com o chakra raiz, enquanto o chakra sacral é associado à pedra da Lua.

Verificado isso, existem quatro formas práticas de usar o poder de cristais e pedras no dia a dia. Confira:

  1. Insira as pedras na prática de yoga: usando as pedras associadas aos chakras certos, essa prática ajuda a desbloqueá-los e equilibrá-los. Para estimular a conexão espiritual, por exemplo, é possível usar a ametista, relacionada ao chakra coronário.
  2. Use as pedras durante a meditação: enquanto você medita, pode segurar a pedra escolhida ou pousá-la sobre o chakra adequado. Com o pensamento concentrado na pedra, a energia dela pode se fundir com a sua, levando-o a alcançar sua intenção.
  3. Carregue as pedras com você: essa é a forma mais prática de se beneficiar das energias de qualquer pedra ou cristal. Você pode carregá-las no bolso ou em algum acessório próximo ao corpo.
  4. Deposite as pedras ao redor da casa: por fim, é interessante escolher pedras e áreas estratégicas para equilibrar as energias do ambientes. Por exemplo, a cornalina pode ser usada na sala para estimular a energia vital na área.

Como cuidar das pedras e dos cristais?

É claro que cada pedra e cristal possui uma necessidade diferenciada quando se fala em cuidados. No entanto, de modo geral, traremos aqui os cuidados essenciais para a limpeza e a energização deles.

  1. Limpeza: se a pedra puder ser molhada, use apenas água e sabão neutro para limpá-la. Nunca utilize produtos químicos nem deixe de molho, para não danificá-la. Caso não possa molhar a pedra, realize a limpeza com um pano seco, preferencialmente de algodão, ou um pincel macio.
  2. Energização: existem diferentes formas de energizar uma pedra, de acordo com as características das pedras e do seu propósito. Essa energização pode ser feita pelo Sol, pela Lua, na terra, na água da chuva, de cachoeira, de mar ou até mesmo em tempestades. Por exemplo, se a pedra será usada para ancoramento, o ideal é energizá-la na terra.
  3. Cuidados: os processos acima devem ser feitos ao adquirir a pedra e, depois, periodicamente. Também evite o Sol forte na energização, para não afetar as propriedades da pedra. Ao transportá-la, embrulhe-a com cuidado, protegendo as pontas e preferindo tecidos de seda e algodão.

Energizando sua casa: pedras e cristais para cada cômodo

Cada cômodo de sua casa pode ter uma necessidade diferente em termos de energização do ambiente. Atentando-se a isso, você extrai o melhor das propriedades de cada pedra ou cristal. A seguir, veja algumas sugestões de como usar esses elementos para melhorar a energia de sua casa.

Cristais, velas e outros adereços decorativos sobre uma mesa de madeira num ambiente interno
FotoHelin / Shutterstock
  1. Entrada: Essa é a primeira área que recebe as energias que entram em sua casa. Por isso, a sugestão é usar uma pedra preta como a turmalina negra, por exemplo, a fim de afastar as energias negativas. Para tanto, posicione a turmalina negra próxima à porta e de modo que seja iluminada.
  2. Sala de estar: Esse ambiente é voltado para o lazer e as interações sociais, portanto pedras amarelas são bastante propícias. Isso ocorre porque elas promovem alegria e vitalidade. Assim, opte por uma pedra como o quartzo amarelo, posicionando-a em uma estante ou na mesa de centro, a fim de alegrar o ambiente.
  3. Quarto: Nada melhor do que um quarto relaxante, propício para uma boa noite de sono, não é? As pedras roxas podem ser bastante úteis nesse sentido, com sua energia espiritual e protetora. Você pode, por exemplo, deixar uma ametista perto do travesseiro ou em cima da mesa de cabeceira. Ela reduzirá o estresse e atrairá tranquilidade para o seu sono.
  4. Banheiro: Esse espaço exala energias de limpeza, de modo geral, então nada mais adequado do que uma pedra transparente. Opte pelo clássico quartzo transparente, deixando-o perto da janela. Desse modo, ele equilibrará as energias do ambiente e proporcionará a limpeza necessária.
  5. Cozinha: Aqui, mais uma vez, aparecem as pedras amarelas, já que o ambiente é símbolo de felicidade e, de certo modo, se relaciona à prosperidade. Coloque uma pirita na janela da cozinha ou perto do fogão (de modo seguro, é claro), para que ela irradie prosperidade, no sentido de sempre haver alimento em seu lar.
  6. Sala de jantar: Nesse espaço de reunião, é ideal usar pedras que proporcionem tanto a serenidade quanto a boa comunicação. Para que isso ocorra, é possível usar pedras azuis como a ágata azul. Posicione-a ao lado de um dos pés da mesa para atrair harmonia e boas conversas em suas refeições em família.
  7. Escritório: Em um espaço que demanda concentração e leveza para trabalhar, que tal apostar nas pedras roxas? Com a lepidolita, por exemplo, é possível atrair equilíbrio emocional e reduzir o estresse, de modo que as tarefas ocorram mais tranquilamente. Você pode posicioná-la perto do computador ou simplesmente em algum espaço da mesa de trabalho.
  8. Jardim: Na área mais próxima da natureza, em sua casa, nada mais interessante do que usar pedras verdes. Essas, além de conectadas à natureza, também promovem a cura e a prosperidade, proporcionando progresso e vida ao seu jardim. Você pode posicionar uma malaquita, por exemplo, em um espaço estratégico e que precise de mais ajuda para prosperar.

Pedras e cristais para potencializar os estudos e o trabalho

Manter o ambiente de trabalho e de estudos harmonizados é essencial para desenvolver suas tarefas sem grandes problemas. Talvez você só precise de um pouco mais de foco ou até queira afastar as energias negativas atraídas por outras pessoas.

Seja qual for o intuito, algumas pedras naturais e cristais podem proporcionar a energização perfeita para a sua situação. Confira alguns exemplos:

  1. Ametista: garante sabedoria e equilíbrio para o ambiente, além de afastar vibrações hostis causadas por relações conflituosas;
  2. Obsidiana: afasta energias negativas e atua contra bloqueios, traumas e outros sentimentos que impedem você de avançar;
  3. Sodalita: melhora a comunicação e estimula a criatividade, dois pontos cruciais no âmbito acadêmico ou profissional;
  4. Fluorita: estimula o foco e melhora o raciocínio, facilitando o aprendizado e as tomadas de decisões.
  5. Lápis-lazúli: proporciona maior sabedoria e aumenta a capacidade intelectual, sendo positiva para o foco e para a execução de ideias.

Essas e outras pedras podem ser carregadas no bolso ou mantidas perto do corpo, em acessórios. Outra forma de usá-las é deixando a pedra sobre a mesa de trabalho ou de estudo, a fim de que sua energia esteja por perto durante a execução das tarefas.

Onde aprender mais sobre pedras e cristais

Neste artigo, reunimos uma ampla gama de informações sobre os poderes e as aplicações de pedras e cristais, mas você pode aprofundar esses conhecimentos. Alguns livros, direcionados ao assunto, são ricas fontes desse saber místico. Veja nossas indicações:

  1. “A Bíblia dos Cristais”, de Jude Hall, traz um compilado de informações técnicas e esotéricas sobre cristais famosos (ou nem tanto) — em 2 volumes.
  2. “As Propriedades Curativas dos Cristais e das Pedras Preciosas”, de Katrina Raphael, é um manual introdutório sobre cura energética por meio de cristais e pedras preciosas.
  3. “O Livro dos Cristais”, de Karen Frazier, traz o passo a passo para tratar diferentes questões com o uso de cristais.

Você também pode gostar:

Chegando ao final dessa leitura, esperamos que nosso artigo tenha servido bem ao intuito inicial: ser um norte para os seus estudos sobre pedras naturais e cristais. Se você ficou curioso(a) com o descoberto até aqui, pode aproveitar os artigos aprofundados que preparamos para as pedras mais populares. Deixe seu lado místico fluir com conhecimentos capazes de mudar a sua vida!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br