Medicina Natural Plantas Medicinais

Canabidiol: para quê serve e benefícios do óleo de Canabidiol para a medicina

Com certeza você já ouviu falar em alguma planta medicinal. Em geral, elas podem ser plantadas nas hortas e nos jardins, sendo utilizadas tanto para temperar alimentos quanto para preparar chás. Quando ingeridas ou aplicadas no corpo, essas plantas podem trazer benefícios para a saúde, em diferentes aspectos. Será que o canabidiol está entre essas ervas?

Antes de tudo, é importante entender o que é o canabidiol. Diferentemente do que muitos imaginam, o canabidiol não é a maconha. Com a sigla CBD, ele é uma das 400 substâncias químicas que compõem a planta. Ainda que o canabidiol corresponda a 40% da Cannabis sativa (como é chamada a maconha), esse componente não é igual a toda a planta.

Além disso, um diferencial do CBD em relação à maconha é que ele não apresenta o composto THC (delta-9-tetrahidrocanabinol), que é o que produz a sensação de euforia e que promove a intoxicação. Na verdade, o canabidiol apresenta uma série de benefícios para a saúde, sendo utilizado pela medicina no tratamento de inúmeras enfermidades.

No Brasil, produtos com CBD podem ser utilizados com fim terapêutico, mediante indicação médica e autorização da Anvisa. Entretanto, em outros países, como nos Estados Unidos da América, o canabidiol pode ser comprado até online, sem necessidade de prescrição médica.

Para aprender mais sobre o canabidiol, que pode melhorar a qualidade de vida de pessoas epilépticas ou que estão na terceira idade, continue lendo o artigo que preparamos. A partir dele, conheça mais sobre o CBD para combater o preconceito sobre essa substância, a seguir.

Para que serve o canabidiol?

Uma das dúvidas mais frequentes sobre o canabidiol refere-se à utilidade dele. Afinal, para que serve o CBD na saúde física de uma pessoa? E na saúde mental? É o que você vai aprender nos tópicos que preparamos.

  1. Alívio do estresse e da ansiedade: um dos benefícios do canabidiol, principalmente na forma de óleo, é que ele pode atuar como um antidepressivo ou como um ansiolítico, com menos efeitos colaterais do que os medicamentos utilizados para esse fim. Logo, o CBD reduz o estresse e a ansiedade.
  1. Combate das inflamações nas articulações: as inflamações nas articulações e outras dores crônicas podem ser atenuadas com o uso do canabidiol em pomada ou em óleo. Nesse caso, o produto atua como um anti-inflamatório, reduzindo as dores decorrentes desse desequilíbrio do corpo.
  1. Favorece a qualidade do sono: o uso do canabidiol pode, em alguns casos, causar sonolência. Por esse motivo, o produto é indicado para as pessoas que sofrem de insônia ou que acordam durante a noite. O tratamento é ainda mais eficiente se a falta de sono for resultado de ansiedade.
  1. Auxilia no tratamento de algumas doenças: existem muitas doenças que podem ser tratadas com o canabidiol. A principal delas é a epilepsia, mas o CBD também atua contra a esquizofrenia, a doença de Crohn, a enxaqueca, o mal de Parkinson e a fibromialgia.

Formas de utilizar o canabidiol

Para aproveitar os benefícios do canabidiol, é fundamental conhecer as formas de utilizá-lo. Lembre-se de que, no Brasil, essa substância só pode ser utilizada com indicação médica e com permissão da Anvisa.

O principal jeito de utilizar o canabidiol é na forma de óleo. Entretanto, também é comum utilizar o CBD em cápsulas, em pomada, em spray ou com vaporização. E como saber qual é o uso que serviria melhor para o seu organismo?

Pessoa depositando óleo numa caneca com um conta gotas
Erin_Hinterland / Pixabay

Somente profissionais da saúde podem identificar a melhor maneira de cada pessoa utilizar o canabidiol. Além da forma de aplicar o produto, é importante entender a dosagem certa da substância, para alcançar os efeitos desejados. Sempre procure auxílio profissional antes de iniciar tratamentos de saúde.

Existem contraindicações ou efeitos colaterais para o canabidiol?

Mesmo com acompanhamento médico, o canabidiol pode apresentar alguns efeitos colaterais em quem o utiliza. Entre eles, podemos listar o maior risco de infecções, sonolência, insônia, dor de cabeça, alteração de apetite, diarreia, irritabilidade e agitação.

Apesar disso, nem todas as pessoas que utilizam o CBD apresentam esses efeitos colaterais. Ainda assim, existem contraindicações para o uso da substância. Indivíduos que tenham hipersensibilidade ou alergia ao canabidiol não devem utilizá-lo, bem como menores de 2 anos de idade

Mitos e verdades sobre o canabidiol

Você já aprendeu bastante sobre o canabidiol, mas será que consegue diferenciar os mitos e verdades sobre esse produto? Amplie seus conhecimentos:

  1. Canabidiol não é viciante: verdade. O canabidiol não é uma substância viciante, principalmente por não conter THC.
  2. Canabidiol cura o câncer: mito. Ainda que o canabidiol possa aliviar alguns dos sintomas do câncer, o produto não é capaz de curar a doença.
  3. Canabidiol só funciona em alguns casos: verdade. Nem todos os pacientes respondem da mesma maneira ao canabidiol, sendo necessário analisar cada caso.
  4. Canabidiol é igual maconha: mito. O canabidiol é um dos componentes da maconha, equivalendo a 40% dela; logo, os dois produtos são diferentes.
  5. Canabidiol causa overdose: mito. Por não conter THC, ou qualquer elemento que intoxica o corpo, o canabidiol não é capaz de causar uma overdose.

Onde comprar canabidiol, valores e outras informações

Após compreender os benefícios do canabidiol e os principais mitos e verdades sobre ele, você deve estar se perguntando onde pode comprar esse produto e quanto ele custa. Como dissemos anteriormente, no Brasil é preciso apresentar uma receita médica e uma liberação da Anvisa para comprar produtos que contém canabidiol.

Com esses documentos em mãos, é possível encontrar óleo, pomada, cápsulas e spray de canabidiol em farmácias, comprando apenas presencialmente. Também é importante ressaltar que só dá para comprar o medicamento para uso durante 6 meses, com a quantidade de produto limitada a esse período.

Ou seja, não é tão simples comprar algum produto com canabidiol. Outro fator que influencia a aquisição do medicamento é o preço. O óleo de canabidiol, que é o mais utilizado, por exemplo, costuma custar entre R$250 e R$2.500, e só pode ser adquirido com a receita médica e com a liberação da Anvisa.

Além da dificuldade burocrática e financeira para realizar a compra de um produto com CBD, não são todos os profissionais da saúde que trabalham com esse tipo de tratamento. É por isso que você deve se consultar com um médico que tenha um amplo conhecimento no uso do canabidiol e saiba quais regras seguir na hora de escrever a receita.

É preciso, por exemplo, que o profissional de saúde apresente uma justificativa na receita, com o CID (Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde) ou diagnóstico da doença. A data, a posologia e a assinatura também são imprescindíveis.

Alguns dos locais que trabalham com profissionais especializados no uso do CBD são a Clínica Gravital e o Núcleo de Cannabis Medicinal do Hospital Sírio-Libanês, por exemplo. De acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM), apenas as especialidades de neurologia e psiquiatria podem indicar o medicamento.

Com profissionais de confiança e que trabalhem de acordo com as normas da Anvisa e do CFM, o tratamento com canabidiol pode até ser coberto por alguns planos de saúde. Caso o paciente não tenha condições de comprar o produto já autorizado, também é possível recorrer ao SUS, Sistema Único de Saúde.

Nesse caso, o paciente precisa comprovar que não é capaz de pagar pelo medicamento com CBD. Ademais, o profissional de saúde que receitou o produto deve explicar o diagnóstico e o estágio da doença, indicando que não há outro remédio coberto pelo SUS que seja tão eficiente quanto o CBD, nesse caso.

Então, é possível realizar um tratamento com canabidiol desde que você tenha o acompanhamento de profissionais capacitados, siga todos os procedimentos exigidos pela Anvisa e esteja com todos os documentos em ordem.

Você também pode gostar:

A partir do conteúdo apresentado, compreendemos que o canabidiol é uma substância que pode melhorar a saúde física e mental de alguns grupos de indivíduos. Quando receitado por profissionais capacitados, seguindo as exigências da Anvisa, o CBD pode trazer ótimos resultados para quem o utiliza.

Outras plantas medicinais

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br